terça-feira, 5 de abril de 2011

Up Helly Aa

Opa. Bom 2011 pra todos aí.

Voltando a postar aqui. =)


Acabei de saber da existência desse festival, e queria compartilhar com o pessoal que curte meus post sobre vikings e tal aí... =)


Up Helly Aa


O festival Up Helly Aa celebra a chegada dos vikings nas Shetlands, há mais de 1000 anos atrás, e a festa vem ocorrendo há mais de 100 anos, sempre na última terça-feira do mês de Janeiro. Os eventos começam bem depois do anoitecer, quando o *Jarl guizer, que é a figura principal Viking nestes processo, faz a sua aparição. Ele terá gasto o dia visitando escolas e hospitais, cantando músicas e fazendo discursos em preparação para os eventos à noite. O Jarl guizer, com sua barba longa e traje típico imponente, é cercado por centenas de homens, chamados “guizers”, também vestidos em vários trajes distintos, carregando tochas. A cena é imponente, como as invasões de terra que aconteceram na ilha, e os jogadores estão prestes a serem tomados como reféns.

Os esquadrões se reúnem ao redor do Jarl guizer, e ele faz um último discurso à multidão encolhida. No meio delas está a galera, uma réplica em tamanho natural de um navio de guerra viking. O clima intensifica-se quando os esquadrões e o Jarl guizer começam a cantar a tradicional música Up Hella Aa. Então, os gritos enchem o ar, fogos de artifício estouram no céu, e as tochas são transportadas pelos guizers para serem jogadas na galera (navio). Em questão de segundos, toda a estrutura de madeira é envolta em chamas, para o espanto dos espectadores. A sensação de satisfação enche os olhos do Jarl guizer enquanto os guizers comemoram. No entanto, as festividades estão longe de acabar.

Após a queima da galera, os guizers cantam outra canção Viking tradicional, o "Norsemans Home", antes da partida para visitar os salões. Os salões são simplesmente grandes salas onde os convidados se reunem para dançar e beber a noite toda. A atmosfera festiva e original de Up Helly é realçada pelas visitas dos esquadrões guizer, que são obrigados a visitar cada sala e dançar com os convidados. Esta tarefa demorada leva a maior parte da noite e continua nas primeiras horas da manhã do dia seguinte (que é feriado, “para recuperação”). =P

*Existem outros, parece, como o “Scalloway Fire Fest”, mas acabei de descobrir sobre o Up Helly Aa, então, se descobrir algo mais, acrescento aqui no post.

* Os Jarls (também conhecidos como Earls) era como eram chamados os homens de classe alta e grandes proprietários de terras. Provavelmente, essa palavra é relacionada à palavra que originou a palavra anglo-saxã earl (conde). Devido à riqueza e ao status de elite, eles possuíam os melhores equipamentos. Deviam fidelidade a seus superiores e lutavam pelos interesses destes. Por esse motivo, e devido aos seus próprios interesses em questões militares, eles eram guerreiros de elite, quase sempre, treinados na infância. – fonte: Wikipédia


Uma "Jarl Squad":

A procissão:


A queima da Galera:


E depois rola a festa, nos salões:


Link do Site: http://www.uphellyaa.org/


Vídeo:

video


As Ilhas Shetland:

Shetland (antigamente escrito Zetland, derivado de Ȝetland), originalmente chamado de Hjaltland, é uma das 32 áreas de Concelho da Escócia. É um arquipélago a nordeste das Órcades, com uma área total de aproximadamente 1466 km². Ele forma parte da divisão entre o Oceano Atlântico a oeste e o Mar do Norte a leste. Seu centro administrativo, e único burgh, é Lerwick.


A Bandeira de Shetland, que está em uso desde 1969, é composta por uma Cruz Nórdica branca em um fundo azul. O branco e o azul são as cores da Escócia, enquanto a Cruz Nórdica simboliza que o arquipélago já foi dominado pelos Vikings, além de indicar que as ilhas possuem laços culturais com os Países Nórdicos.



Para "conhecer" as ilhas:

video


É isso aí. Se descobrir mais informações, posto aqui... espero que curtem aí o post e tal.

* Queria que as imagens ficassem maiores, mas se aumentar, corta. =/ E também nem sei mexer em blog direito, então até hj não sei como fazer não... =P

Um comentário:

Jacques disse...

Muito bom seu post.
Eu desconhecia totalmente este festival, apesar de curtir mitologia nórdica.
Acho que a ave que aparece na foto é um papagaio do mar, mas não tenho certeza.
Até mais.